sexta-feira, 29 de março de 2013

Apresentação (POE)


Seja bem vindo(a) ao curso de Como escrever poesia!

Será um tempo em que irei dar algumas dicas de como aprimorar a tua composição  (construção) poética. 


Por exemplo, veja, agora, esta figura ao lado. 

Trata-se de uma estrutura descartável de uma geladeira. Imagine que ela poderia ser levada à indústria de reciclagem e, depois de um longo processo, voltaria não mais como geladeira, mas como qualquer outro objeto formado por metal (latão). 

Tenho um amigo que é um verdadeiro agente de transformação. Ele é um artista! É acostumado a pensar sobre como algo pode ser transformado! Veja o que ele fez com essa "carcaça". 

Veja o resultado agora! Não é excelente? 
Isso não quer dizer que devemos apenas ver o estágio inicial, ou seja, como eu vejo no começo. E nem mesmo "pular" para o estágio final, o da pintura total (arte final). O desafio é que você mesmo permita observar os detalhes de tua formação criativa. É você quem dará a cor, o brilho, o ajuste, a intensidade, enfim, "a graça de ser poeta, alguém que domina as palavras".   

Escrever poesia é, sim, uma arte. Mas isso não quer dizer que devemos ficar sem exercitar a nossa verbe literária. 

"Poesia é uma ilha cercada de palavras por todos os lados" (http://cachacagermana.wordpress.com)

Minha proposta é estimular sua criatividade através da composição de poesias, como uma proposta de atividade do pensamento crítico.

Seja, então, bem vindo(a) ao curso.